13 de junho de 2016

"Guerra" da comida

Andamos fugidas eu sei mas é mesmo falta de tempo. 

Já aqui tinha dito que o tempo é um bem muito precioso. 
O fluxo de trabalho aumentou e para ajudar a principessa voltou a estar doentita.
Voltamos aos aerossóis, aerius e câmara expansoras.
Tem tosse e muita especturação para tirar. Graças a Deus só fez febre um dia. 

Está muito magrinha está a pesar 8740g. A pediatra diz que tem de engordar. É um castigo para comer. 
Daí a minha ausência,concentração máxima em pesquisar coisas sobre alimentação. Novidades para variar um pouco. 

Sempre me fez um pouco de confusão em por fruta na sopa mas como ela e a fruta não são grandes amigas resolvi exprimentar. Comecei com maçã e até não ficou mau de todo até ficou uma sopa saborosa. 

Lentilhas e quinoa foram outros novos ingredientes que passaram no teste.

Passei a misturar no iogurte abacate misturado com outra fruta ( banana, manga,papaia...) 

O segundo prato come bem se for peixe cozido, grelhado ou no forno com broculos e cenoura cozidos. Mas para comer isto bem a sopa foi mal comida. 

Quando é carne não aprecia muito, mas vai picando.Massa e arroz come mas tem que estar para aí virada. 

O grande problema é a sopa. Uma guerra diária. 

Toda a comida tem que ser dada com muita paciência quase a fazer o pino. 

Para ajudar estou a ler um livro para ver se me ajuda. 






6 comentários:

  1. Desejo-te muita sorte nessa árdua tarefa!

    ResponderEliminar
  2. Sim, muito boa sorte e uma grande dose de paciência também é preciso. Quando elas não querem, não querem mesmo não é?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fecha a boca e não abre. Uma guerra mesmo.

      Eliminar
  3. É uma chatice quando eles são mais esquisitos para comer. Mas são fases, vejo por filhas de amigas que há alturas que comem tudo e depois deixam de querer de um dia para o outro, lá fazem as mães serem criativas e misturar as coisas com os outros alimentos!
    E este calor também não ajuda nada, já nós perdemos mais o apetite, quanto mais eles. O meu apesar de ser (por enquanto) um bom garfo, não come tanto com o calor.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. É uma chatice quando eles são mais esquisitos para comer. Mas são fases, vejo por filhas de amigas que há alturas que comem tudo e depois deixam de querer de um dia para o outro, lá fazem as mães serem criativas e misturar as coisas com os outros alimentos!
    E este calor também não ajuda nada, já nós perdemos mais o apetite, quanto mais eles. O meu apesar de ser (por enquanto) um bom garfo, não come tanto com o calor.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar